EM DEFESA DA SOCIEDADE E DA PROFISSÃO

Simpósio diabetes

 

 

CRF-SP realiza simpósio multidisciplinar e lança o 7ª fascículo do Projeto Farmácia Estabelecimento de Saúde


São Paulo, 14 de março de 2012.

Com cerca de 370 milhões de pessoas afetadas no mundo, o diabetes desponta entre as principais doenças com prevalência de complicações incapacitantes devido ao diagnóstico e tratamento tardios. Diante deste preocupante quadro, o CRF-SP realizou no sábado (10/03) o Simpósio “O futuro do diabetes no Brasil: uma visão multidisciplinar”. O evento reuniu mais de 250 pessoas no auditório do campus Vergueiro da Universidade Paulista (Unip).

 

A diretoria do CRF-SP lançou durante a abertura do evento o 7º fascículo do Projeto Farmácia Estabelecimento de Saúde
A diretoria do CRF-SP lançou durante a abertura do evento o 7º fascículo do Projeto Farmácia Estabelecimento de Saúde

 

O Presidente do CRF-SP, dr. Pedro Menegasso, realizou a abertura do evento e lançou oficialmente o novo fascículo do projeto – Manejo do Tratamento de Pacientes com Diabetes. “A intenção do CRF-SP é disponibilizar para o farmacêutico uma ferramenta de apoio técnico, que favoreça a assistência adequada ao paciente com diabetes”.

A publicação inovadora, que mais uma vez conta com o apoio da Organização Pan-americana da Saúde (Opas), traz um guia completo sobre os cuidados e a assistência ao indivíduo com diabetes, proporcionando um subsídio técnico essencial para que o farmacêutico desempenhe, com qualidade, seu papel estratégico na prevenção e controle do diabetes junto à população. O material também pode ser acessado no portal do CRF-SP, na área de publicações.

A cobertura do evento nas redes sociais disseminou importantes informações sobre o tema e repercutiu o sucesso do evento. A diretoria esteve representada também por sua vice-presidente, dra. Raquel Rizzi, a secretária-geral, dra. Priscila Dejuste e o diretor-tesoureiro, dr. Marcos Machado.

Cerca de 250 pessoas acompanharam o simpósio
Cerca de 250 pessoas acompanharam o simpósio

 


Visão multidisciplinar

O simpósio permitiu que os participantes tivessem acesso a diferentes opiniões sobre o tema. Importante destacar que os palestrantes convidados têm total autonomia para expressar suas opiniões, as quais, nem sempre, são as mesmas defendidas pelo CRF-SP. A pluralidade é importante pois ajuda a trazer novos elementos para o debate.

A enfermeira supervisora de treinamento técnico e coordenadora do Centro BD de Educação em Diabetes, dra. Márcia Camargo de Oliveira, levou ao simpósio a visão do enfermeiro sobre o futuro do diabetes e destacou o programa Saúde da Família (PSF), do governo federal. "Acredito que o PSF será o grande trunfo para levar educação sobre os cuidados com o diabetes à população".

 

A pesquisadora de células-tronco dra. Patricia Kossugue e a enfermeira Márcia C. de Oliveira levaram suas visões sobre o diabetes ao simpósio
A pesquisadora de células-tronco dra. Patricia Kossugue e a enfermeira Márcia C. de Oliveira levaram suas visões sobre o diabetes ao simpósio

 

Presidente da Associação Nacional de Apoio ao Diabetes (Anad) e professor na Faculdade de Medicina do ABC, o Doutor em endocrinologia, Fadlo Fraige Filho, apresentou dados epidemiológicos. "Cerca de 370 milhões de pessoas, no mundo, sofrem com o diabetes e a perspectiva é que este número aumente ainda mais nas próximas décadas. Mas apesar da perspectiva preocupante, é preciso prosseguir com a conscientização das equipes de saúde, da população e dos gestores”.

O endocrinologista Fadlo F. Filho alertou sobre a perspectiva de aumento de casos de diabetes
O endocrinologista Fadlo F. Filho alertou sobre a perspectiva de aumento de casos de diabetes

O farmacêutico membro do Grupo de Trabalho de Diabetes do CRF-SP e coordenador do Departamento de Farmácia da Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD), dr. José Vanilton, abordou a educação continuada como fator essencial ao aprimoramento da assistência a pessoa com diabetes. “A capacitação, atualização e a troca de conhecimentos e experiências entre os diferentes profissionais que integram as equipes de saúde é fundamental para alcançarmos a excelência da assistência. Cada um como profissional de saúde deve fazer a sua parte”, alertou

A nutricionista, mestre e doutora em saúde pública pela Faculdade de Saúde Pública da USP, dra. Denise Giacomo da Motta começou a palestra com um alerta: “É assustador, mas cerca de 360 novos casos de diabetes surgirão durante a minha palestra”, e destacou aspectos da prevenção – "Com a realização diária de 30 minutos de atividades físicas e adequação da alimentação o risco de desenvolver diabetes cai em até 58%. Para evitar o diabetes não é necessária nenhum grande revolução alimentar. A redução e combinação de alguns alimentos quase sempre é suficiente para evitar o problema”.

 

Dra. Amouni Mourad e dr. José Vanilton apresentaram a experiência farmacêutica na assistência ao paciente com diabetes
Dra. Amouni Mourad e dr. José Vanilton apresentaram a experiência farmacêutica na assistência ao paciente com diabetes

 

Educador físico, pesquisador do Centro de Estudos do Laboratório de Aptidão Física de São Caetano do Sul (Celafiscs) e assessor Científico do Programa Agita São Paulo, o dr. Timoteo Leandro de Araujo incentivou a inclusão de atividades física como hábito diário. “As pessoas acham que precisam ir à academia para fazer atividade física. Isso não é verdade. O sedentarismo deve ser combatido todos os dias com pequenas ações como subir alguns lances de escada ao invés de usar o elevador ou a escada rolante, fazer pequenas caminhadas na hora do almoço, por exemplo, ou arrumar a casa. Isso já faz muita diferença”.

A farmacêutica assessora técnica do CRF-SP, mestre em Análises Clínicas e doutoranda em Ciências da Saúde da Faculdade de Medicina da Santa Casa de São Paulo, dra. Amouni Mourad, falou sobre as especificidades do tratamento do diabetes em pacientes especiais, como idosos, crianças e imunocomprometidos. "A Metformina foi sem dúvida um grande ganho para o tratamento de pacientes imunodeprimidos e com diabetes, pois estudos descobriram acidentalmente que ela melhora a resposta imunológica", destacou.

Graduada em Ciências Biológicas a dra. Patricia M. Kossugue falou sobre seu trabalho com o uso de células-tronco no tratamento do diabetes e sobre o rumo promissor das pesquisas de medicamentos biológicos, campo de atuação extremamente próspero para o farmacêutico.

 

Dr. Timoteo falou sobre a importância da atividade e física e a nutricionista dra. Denise Giacomo destacou a alimentação adequada como benefício ao paciente diabético
Dr. Timoteo falou sobre a importância da atividade e física e a nutricionista dra. Denise Giacomo destacou a alimentação adequada como benefício ao paciente diabético

 

Ao final das apresentações a assessora técnica do CRF-SP, dra. Amouni Mourad, realizou o encerramento do evento e alguns profissionais expressaram sua opinião sobre o simpósio.

As dras. Ilda Kimie Kume e Rosana Zanoli, ambas atuantes em farmácia de manipulação, falaram sobre o aprendizado. “Muito do que foi apresentado poderá ser revertido no aprimoramento da orientação aos pacientes”.

A farmacêutica recém-formada dra. Patrícia Ferrari de Melo Lana destacou que o evento foi responsável por despertar seu interesse pela pesquisa. “Durante a graduação não tive muito contato com a área de pesquisa, mas ao acompanhar as apresentações percebi que esta é uma área que me interessa muito”.

 

Luana Frasca e Davi Machado

Assessoria de Comunicação CRF-SP

 

CLIQUE AQUI PARA CONSULTAR OUTRAS NOTÍCIAS

 

2014 07 04 banner congresso fes animacao2

 
 
 


    - 113 vagas disponíveis
 
    - Anunciar vagas

 

    - Currículos

    - Concursos

 

 

 
2014 07 18 logo mackenzie
São Paulo, Barueri, Brasília, Campinas e Rio de Janeiro
Descontos de 10% a 30%


 

PRESCRIÇÃO FARMACÊUTICA
Informações Cursos