Anvisa divulga medicamentos, cosméticos e outros itens suspensos

 

São Paulo, 6 de agosto de 2018.

A empresa Istael Batista de Aquino Cizoski produzia cosméticos sem registro ou notificação. Com a confirmação, ficou determinada a proibição de todos os produtos fabricados pela empresa, da marca Calvene, distribuídos pela Folha D’Agua Indústria e Comércio Ltda.

Já a empresa Quebec Indústria e Com. De Cosméticos Ltda. fabricava 5 produtos sem registro ou notificação na Anvisa. Todos foram proibidos pela Anvisa:

Produto

Lote

Fabricação

Validade

Água Oxigenada Lauê Pro Therapy 20V

Lote 237, frasco de 1 litro

02/02/2018

02/02/2021

Água Oxigenada Lauê Pro Therapy 40V

Lote 233, frasco de 1 litro

01/02/2018

01/02/2021

Água Oxigenada Lauê Pro Therapy 30V

Lote 235, frasco de 1 litro

01/02/2018

01/02/2021

Água Oxigenada Lauê Pro Therapy 10V

Lote 217, frasco de 1 litro

22/05/2017

22/05/2020

Whey Protein capilar Ultra Hidratante

Lote 211, frasco de 900g

15/05/2017

 36 meses

 

Além disso, foi publicada no Diário Oficial do dia 2/8, a proibição de dois produtos clandestinos. O Bio-forma e o Driclor eram fabricados por empresas desconhecidas e sem registro ou cadastro na Agência. Foi publicada, também, a apreensão de um lote falsificado do produto Juvederm Voluma With Lidocaine.

Bio-forma era comercializado em frasco de plástico na cor branca ou verde contendo 40 cápsulas. O produto, fabricado por empresa desconhecida, foi proibido em todo o território nacional. Ficou determinada, ainda, a apreensão e a inutilização das unidades do produto.

Driclor também era comercializado sem registro na Anvisa e fabricado por empresa desconhecida. O produto era indicado para tratamento da hiperidrose, uma condição que faz o paciente transpirar excessivamente. O Driclor foi proibido e deve ser apreendido e inutilizado. 

O DOU também publicou a suspensão de um lote falsificado do produto Juvederm Voluma With Lidocaine. A empresa fabricante, a Allergan Produtos Farmacêuticos Ltda., identificou unidades no mercado com informações diferentes das que constam no produto original. Sendo constatada uma falsificação.  Com isso, os produtos do lote VB20A60505 com FAB 2017.08, VAL 2019.07 e REF 94506JR, devem ser apreendidos e inutilizados.

Confira mais produtos irregulares:

RESOLUÇÃO-RE Nº 2.097, DE 3 DE AGOSTO DE 2018

Art. 1º Determinar, como medida de interesse sanitário, em todo o território nacional, a suspensão da fabricação, distribuição, divulgação, comercialização e uso do produto CREME BLUE GOLD SALVATORE fabricado pela empresa Salvatori Indústria e Comércio de Cosméticos Ltda.-ME (CNPJ: 10.454.350/0001-81), Autorização de Funcionamento nº 2.05218-3.

RESOLUÇÃO-RE Nº 2.098, DE 3 DE AGOSTO DE 2018

Art. 1º Determinar, como medida de interesse sanitário, em todo o território nacional, a suspensão da distribuição, comercialização e uso do lote 1705201(Val 05/2019) do medicamento Glicamin, glibenclamida, 5 mg, comprimido, fabricado por GEOLAB INDÚSTRIA FARMACÊUTICA S.A (CNPJ: 03.485.572/0001-04).

RESOLUÇÃO-RE Nº 2.099, DE 3 DE AGOSTO DE 2018

Art. 1º Determinar, como medida de interesse sanitário, a suspensão, em todo o território nacional, da distribuição, comercialização e uso dos lotes 17A0379 (Val. 01/2019), 17J0329 (Val. 10/2019), 17K0646 (Val. 11/2019), 17K0649 (Val. 11/2019), 17K0650 (Val. 11/2019), 17K0729 (Val. 11/2019), 18C0384 (Val. 03/2020), 18C0388 (Val. 03/2020), 18C0393 (Val. 03/2020), 18C0394 (Val. 03/2020), 18C0396 (Val. 03/2020), 18C0400 (Val. 03/2020) do medicamento Salsep® (cloreto de sódio 0,9%) solução nasal em spray, e dos lotes 16K0493 (Val. 11/2018), 17I0158 (Val. 09/2019), 17K0654 (Val. 11/2019), 17K0656 (Val. 11/2019), 17K0727 (Val. 11/2019) do medicamento Salsep® 360 (cloreto de sódio 0,9%) solução nasal em spray), fabricados por Libbs Farmacêutica Ltda. (CNPJ 61230314/0001-75).

 

Departamento de Comunicação CRF-SP

(Fonte: Informações Anvisa)  

CLIQUE AQUI PARA CONSULTAR OUTRAS NOTÍCIAS