Secretário-geral do CRF-SP, Dr. Adriano Falvo, fala sobre a Acetilcisteína ao Portal UOL

 

 

São Paulo, 19 de julho de 2022

O portal de notícias Uol abordou em sua coluna ‘QUAL É O REMÉDIO – Um guia dos principais medicamentos que você usa’ os principais aspectos farmacológicos da Acetilcisteína nesta terça-feira, 19 de julho.

O texto explicou que a Acetilcisteína é classificada como mucolítico, reduz secreções e processos inflamatórios; que as doses e o tempo de tratamento devem ser personalizados e que, em alguns quadros, o uso é crônico. Além disso, o texto apresenta a importância da orientação do médico ou do farmacêutico.

O secretário-geral do CRF-SP, Dr. Adriano Falvo, participou da edição e destacou que o medicamento deve ser administrado nos mesmos horários todos os dias e de acordo com o esquema de doses indicado pelo médico e que deve ser evitado aumentar ou reduzir as doses prescritas pelos especialistas, assim como o tempo de tratamento.

Ele afirmou também ser aconselhado não misturar outros medicamentos em um nebulizador para inalação de acetilcisteína. A única exceção é a indicação médica.

"Além disso, comprimidos efervescentes e granulados devem ser dissolvidos em meio copo de água em temperatura ambiente, e ingeridos em seguida", explicou. "É importante consumir toda a mistura. Evite guardar parte da solução para uso posterior", acrescentou.

Clique aqui e confira o texto na íntegra.

 

Monica Neri
Departamento de Comunicação CRF-SP

 

CLIQUE AQUI PARA CONSULTAR OUTRAS NOTÍCIAS

Fique atualizado sobre capacitações e informativos importantes do CRF-SP. Participe do canal de Telegram e mantenha-se informado!
https://t.me/crfsp_cursosenoticias