EM DEFESA DA SOCIEDADE E DA PROFISSÃO

Antimicrobianos: proposta de retenção de receita

Projeto de Lei prevê que os farmacêuticos orientem os pacientes sobre o uso correto desses medicamentosProjeto de Lei prevê que os farmacêuticos orientem os pacientes sobre o uso correto desses medicamentos

 

 

A venda de antimicrobianos (uso humano e veterinário) sem prescrição e sem retenção da receita pode estar com os dias contados. A proposta integra o Projeto de Lei 6492/06, da deputada Sandra Rosado (PSB-RN).

Farmacovigilância é tema de documentário

Etapas do desenvolvimento de medicamentos são detalhadas no documentárioEtapas do desenvolvimento de medicamentos são detalhadas no documentárioPara falar sobre a importância de relatar e avaliar reações adversas ocasionadas pelo uso de medicamentos, a BioLab Farmacêutica acaba de lançar o documentário "Farmacovigilância - Saúde e Segurança".

Com conteúdo didático, o vídeo detalha os cuidados da indústria farmacêutica em todas as fases desde o desenvovimento de medicamentos, com enfoque nos diversos testes por que passam antes de serem distribuídos e dispensados em farmácias e drogarias.

A farmacovigilância constitui uma importante ferramenta para detectar os problemas decorrentes do uso de medicamentos, além de alertar sobre novas indicações, beneficiando um número maior de pacientes.

Clique aqui para assistir ao vídeo "Farmacovigilância - Saúde e Segurança".

Seleção pública CRF-SP

Divulgada lista de candidatos aprovados na prova objetiva

 

A Vunesp divulgou a listagem dos candidatos aprovados na prova objetiva, a relação dos candidatos classificados e que terão sua redação técnica corrigida ou realizarão prova prático-profissional, e a classificação prévia para os cargos que apenas previam a realização de prova prática.

 

Acesse aqui o Edital de Divulgação publicado no DOE, em 18 de abril de 2009.

 

Consulte também a estatística parcial dos inscritos para todos os cargos.

Aumenta o número de jovens que buscam tratamento para o vício de cocaína e crack 15/04/2009

Um levantamento feito pela Secretaria da Saúde do Estado de São Paulo revela que o número de crianças e adolescentes com idade entre 10 e 18 anos que procuraram tratamento intensivo para tratar o vício em cocaína e crack, pulou de 179, em 2006, para 371, em 2008. O número equivale a um aumento de 107% na procura. A pesquisa demonstra que o uso desses entorpecentes tem crescido em todas as classes sociais.

Faltam

poucos dias

para o

EAD - Academia Virtual de Farmácia