Participação do farmacêutico nas comissões hospitalares

 

 

Participação do farmacêutico nas comissões hospitalaresSão Paulo, 8 de maio de 2017.

A farmácia hospitalar, assim como todas as farmácias, tem por objetivo contribuir no processo de cuidado à saúde, por meio da prestação de assistência com qualidade ao paciente, que vise assegurar o seu bem-estar e o uso seguro e racional de medicamentos.

De acordo com o Conselho Federal de Farmácia, entende-se por farmácia hospitalar a unidade clínica, administrativa e econômica dirigida por farmacêutico, ligada hierarquicamente à direção do hospital ou serviço de saúde e integrada funcionalmente com as demais unidades administrativas e de assistência ao paciente. Neste contexto, a farmácia hospitalar além de desenvolver atividades clínicas também realiza atividades relacionadas à gestão.

A Assistência Farmacêutica, no contexto hospitalar, engloba atividades relacionadas à logística, manipulação, controle de qualidade, atenção farmacêutica e farmácia clínica. Além disso, existem atividades intersetoriais que requerem interação com outros setores do hospital, sempre objetivando a melhora de saúde do paciente.

As atribuições do farmacêutico dentro da farmácia hospitalar podem ser observadas sob o ponto de vista da Resolução do Conselho Federal de Farmácia – CFF nº 568/12, que alterou a Resolução CFF nº 492/08, na qual prevê, entre outras questões, que nas atividades de assistência farmacêutica também é de competência do farmacêutico neste serviço a participação em comissões, nas quais podemos citar:

- Comissão de farmácia e terapêutica: possui a atribuição de selecionar os medicamentos para melhor atender os pacientes do hospital – o CFF publicou resolução específica para abordar as atribuições do farmacêutico que atua nesta comissão – Resolução CFF nº 449/06 alterada pela Resolução CFF nº 619/15;

- Comissão do serviço de controle de infecção hospitalar: visa reduzir a ocorrência de infecção hospitalar promovendo ações para o uso racional de antimicrobianos;

- Comissão de terapia nutricional: visa avaliar o estado nutricional do paciente e adequá-lo para melhor recuperação da saúde do paciente;

- Comissão de terapia antineoplásica: atividades envolvendo o tratamento de pacientes que fazem uso desta terapia;

- Comissão de gerenciamento de resíduos de serviços de saúde: tem por objetivo zelar pelo correto descarte dos resíduos que envolvem as atividades da farmácia hospitalar e o atendimento pré-hospitalar, atendendo as normas sanitárias vigentes;

- Comissão de avaliação de tecnologias em saúde: acompanhar o desenvolvimento tecnológico de equipamentos médicos e demais produtos utilizados na rotina da farmácia hospitalar;

Existem ainda outras comissões elencadas pela Resolução do CFF nº 568/12 nas quais é importante a participação do farmacêutico, sendo elas: comissão de análise de prontuários; comissão de óbito; comissão de gerenciamento de risco e segurança do paciente; comissão de ética profissional e em pesquisa; comissão interna de prevenção de acidentes ocupacionais; comissão de captação de órgãos e transplantes e comissão de terapia transfusional e comissão de educação permanente.

A participação do farmacêutico nas comissões deve estar em consonância com as diretrizes das normas que as instituíram, sendo de fundamental importância, haja visto ser o farmacêutico o detentor do conhecimento relacionado aos medicamentos e ser sua atribuição contribuir e zelar pela promoção, proteção, prevenção e recuperação da saúde, devendo estar a par, no seu ambiente de trabalho, de todas as ações, serviços e atividades que impactam direta ou indiretamente na qualidade dos serviços, na saúde e no bem-estar e melhora dos pacientes, de forma que possa aplicar esforços, mediante seus conhecimentos e habilidades, com vistas a contribuir para a prestação de serviços de qualidade e que contemplem as reais necessidades dos pacientes, família, cuidadores, colaboradores e sociedade.

Orientamos a acessar a Cartilha da Comissão Assessora do CRF-SP de Farmácia Hospitalar que traz mais informações sobre este tema:

http://portal.crfsp.org.br/index.php/publicacoes-2/cartilhas-por-area.html

Portal CRF-SP www.crfsp.org.br

Orientação Farmacêutica CRF-SP (11) 3067-1470 ou Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Atendimento CRF-SP (11) 3067-1450- opção nº 09 ou Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.