Farmacêuticos de Jundiaí que ainda não foram imunizados podem se cadastrar para receber a vacina

Dr. Luciana Canetto, Dra. Adryella Luz, Dr. Marcelo Polacow,  Dr. Tiago Texera, Dr. Marcos Machado e Dr. Marcelo BuzanelliDr. Luciana Canetto, Dra. Adryella Luz, Dr. Marcelo Polacow, Dr. Tiago Texera, Dr. Marcos Machado e Dr. Marcelo Buzanelli

 

São Paulo, 19 de março de 2021

A diretoria do CRF-SP se reuniu em 22 de fevereiro com o secretário de saúde do município de Jundiaí, Tiago Texera, para abordar a importância da vacinação dos farmacêuticos e a urgência para essa imunização.

Na ocasião, o presidente do CRF-SP, Dr. Marcos Machado, o vice-presidente, Dr. Marcelo Polacow e a secretária-geral, Dra. Luciana Canetto expuseram ao secretário de saúde que o farmacêutico deve estar no grupo prioritário e apresentaram todas as justificativas que demonstram essa afirmação.
Também participaram a conselheira do CRF-SP, Dra. Adryella Luz e o delegado regional de Jundiaí, Dr. Marcelo Buzanelli.

Já na data, o secretário falou que o planejamento para as próximas vacinas é imunizar prioritariamente os moradores de mais idade e os profissionais de saúde, incluindo os farmacêuticos. E mais uma notícia veio hoje.

A prefeitura divulgou que realiza a partir de hoje, 19, e segue até o dia a 22 (segunda-feira) o cadastro para profissionais da Saúde que ainda não tenham recebido a primeira dose de vacina contra a COVID-19, incluindo os farmacêuticos.

O órgão destaca que o cadastro é restrito para os profissionais que trabalham ou residem em Jundiaí e deve ser feito somente pelo portal da Prefeitura de Jundiaí. Junto da inserção dos dados como nome e documentos é essencial que a pessoa faça parte de uma das categorias de profissionais
O registro tem por objetivo identificar o público para reforçar a solicitação de mais doses junto ao Governo Estadual e ao Ministério da Saúde.

“Muitos profissionais são de Jundiaí e trabalham em outros locais. Assim como também existe o contrário, pessoas que trabalham em Jundiaí e são de outros municípios. A intenção é identificar qual o quantitativo que ainda não recebeu a primeira dose de vacina contra a COVID-19 para intensificar a solicitação junto aos órgãos distribuidores das doses”, comentou a diretora do Departamento de Vigilância em Saúde da Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS) Fauzia Abou Abbas Raiza.

 


Departamento de Comunicação CRF-SP

CLIQUE AQUI PARA CONSULTAR OUTRAS NOTÍCIAS 

Fique atualizado sobre capacitações e informativos importantes do CRF-SP. Participe do grupo de WhatsApp e mantenha-se informado.

Ingressando no grupo você dá consentimento para que todos os integrantes tenham acesso ao seu número de celular.

https://chat.whatsapp.com/IsjWXoL0AAWADkookEpT7n