Projeto teve apoio do GTASP, seccional de Franca e fiscalização do CRF-SP

Paciente sendo atendida num guichê de farmácia de unidade de saúde de FrancaPaciente sendo atendida num guichê de farmácia de unidade de saúde de FrancaSão Paulo, 16 de dezembro de 2019.

Por meio da contribuição do Grupo Técnico de Apoio ao Serviço Público (GTASP), da seccional de Franca e da fiscalização do CRF-SP, com o objetivo de auxiliar a prefeitura no processo de regularização da assistência farmacêutica da rede pública de saúde, recentemente a cidade de Franca foi mais um município do Estado de São Paulo que atingiu a assistência farmacêutica integral.

Com esse trabalho, Franca contratou farmacêuticos e alcançou o número de 26 profissionais, que prestam assistência integral em Unidades Básicas de Saúde, Hospitais, Unidades de Pronto Atendimento, Central de Abastecimento Farmacêutico, Farmácia Municipal de Manipulação, Centro de Saúde, Núcleo de Gestão Assistencial, Casa do Diabético e Vigilância Sanitária.

Para a Dra. Gisele Finati, que atua na saúde municipal e foi uma das responsáveis pela implementação da assistência farmacêutica em Franca, a contratação de farmacêuticos foi essencial para a qualificação do serviço de atenção farmacêutica. Ela conta que o processo de regularização da assistência farmacêutica foi iniciado com a sensibilização dos gestores por meio de reuniões em que eram apresentados os benefícios da atuação do farmacêutico.

“Portanto, é a inserção de um novo serviço de saúde ao usuário nas unidades de saúde. Neste tipo de atendimento o farmacêutico desempenha atividades voltadas para o cuidado direto ao paciente, promovendo o uso racional de medicamentos e de outras tecnologias em saúde”, explicou Dra. Gisele, que também teve o apoio da Dra. Débora Faleiros Chioca Vieira, outra responsável pela implementação do projeto.Secretário da saúde de Franca, José Conrado Dias NettoSecretário da saúde de Franca, José Conrado Dias Netto

Para o secretário da saúde de Franca, José Conrado Dias Netto, o projeto tem o objetivo de proporcionar benefícios para a saúde dos pacientes na orientação sobre o uso racional de medicamento, na educação e compreensão do tratamento para a promoção da adesão ao tratamento, dentre outras vantagens. “A assistência farmacêutica, seguramente, apresenta um papel muito importante colaborando com a equipe multidisciplinar e desenvolvendo ações nos locais de atuação”, avaliou o secretário.

Já o delegado regional de Franca, Dr. Wilson Rigoni, demonstrou todo seu contentamento com a conquista. Ele afirmou que foram anos de conversas com os gestores com a finalidade de destacar os benefícios da assistência farmacêutica para a administração e, principalmente, para a população. “Foi uma vitória da saúde. Isso só foi possível através do empenho do GTASP, CRF–SP, de nossas colegas farmacêuticas Dra. Gisele Finatti e Dra. Débora Chioca, bem como do secretário de saúde, Dr. José Conrado Dias Netto, que não mediram esforços para que esse projeto vingasse. A saúde da população francana agradece”, comentou.

Carlos Nascimento (Com informações de Thais Noronha)
Departamento de Comunicação CRF-SP

 

CLIQUE AQUI PARA CONSULTAR OUTRAS NOTÍCIAS