Cremesp aciona médicos e assina termos de ajustamento de conduta por prescrições ilegíveis

 

Resultados Positivos

 

Dr. Marcos Machado, presidente do CRF-SP, e Dra. Maria Fernanda Carvalho, coordenadora do Comitê de Direitos e Prerrogativas Profissionais do CRF-SPDr. Marcos Machado, presidente do CRF-SP, e Dra. Maria Fernanda Carvalho, coordenadora do Comitê de Direitos e Prerrogativas Profissionais do CRF-SP

São Paulo, 2 de abril de 2019.

A iniciativa do CRF-SP em criar uma área no portal especialmente para receber as prescrições ilegíveis já tem mostrado bons resultados. Após o CRF-SP começar a encaminhar ao Cremesp as prescrições ilegíveis, a entidade informa que já foram assinados 11 Termos de Ajustamento de Conduta com médicos e instaurados dois processos éticos. 

Para o presidente do CRF-SP, Dr. Marcos Machado, a parceria e iniciativa do Cremesp foram muito importantes para a obtenção dos primeiros resultados. “Aproveito para agradecer publicamente o presidente do Cremesp, Dr. Mario Jorge Tsuchiya, pela acolhida e pelas ações realizadas pela instituição. Mais do que os farmacêuticos, a prescrição legível ajuda os pacientes, que receberão o medicamento correto, na dose exata e no momento necessário, sem atrasos ou outros percalços. De nossa parte fica registrado esse agradecimento e a expectativa de continuidade nas ações”.

Clique aqui para assistir à mensagem gravada pelo Dr. Marcos Machado, presidente do CRF-SP, e pela Dra. Maria Fernanda Carvalho, coordenadora do Comitê de Direitos e Prerrogativas profissionais.

 

Departamento de Comunicação CRF-SP

CLIQUE AQUI PARA CONSULTAR OUTRAS NOTÍCIAS