Revista 108 - CRF-SP em Ação - Postura que desvaloriza a profissão

rf108_cabecalho

PUBLICAÇÃO DO CONSELHO REGIONAL DE FARMÁCIA DO ESTADO DE SÃO PAULO
Nº 108 - AGO - SET - OUT / 2012

Revista 108 setinha CRF-SP em Ação setinha Postura que desvaloriza a profissão


Postura que desvaloriza a profissão

Aceitar remuneração abaixo do piso é falta ética e desvaloriza o profissional

 

Ofício enviado em conjunto pelo CRF-SP e Sinfar - pág. 1 Ofício enviado em conjunto pelo CRF-SP e Sinfar - pág. 2

Ofício enviado em conjunto pelo CRF-SP e Sinfar alertando para o problema

Quando um profissional regulamentado de qualquer área aceita exercer a profissão por remuneração inferior ao piso salarial acordado pelo seu sindicato, está cometendo falta ética e pode sofrer punição pelo seu conselho de classe. Assim também ocorre com a profissão farmacêutica. Esta atitude, além de descumprir o código de ética, prejudica e desvaloriza toda a categoria.

O CRF-SP, preocupado com a valorização da profissão, publicou anúncio nas duas últimas edições da Revista do Farmacêutico chamando a atenção para o problema e sugeriu a quem tivesse conhecimento desses casos que revelasse o fato ao Departamento de Orientação. 

Além disso, a entidade organizou uma ação conjunta com o Sindicato dos Farmacêuticos do Estado de São Paulo (Sinfar) enviando um ofício de orientação para alertar os profissionais responsáveis técnicos e substitutos, por farmácias e drogarias no Estado, sobre as implicações negativas desta prática. 


O documento orienta os farmacêuticos para que adotem uma postura proativa, não aceitem condições inadequadas ou ilegais de trabalho e exijam seus direitos. 

Trabalhar por menos que o piso é antiético

O piso salarial é o valor mínimo que um profissional deve receber para trabalhar. No caso dos farmacêuticos, ele é negociado pelo Sinfar e há uma tabela que define este valor para algumas áreas de atuação.

Após a ação, o Departamento de Orientação do CRF-SP recebeu uma série de ligações apontando irregularidades. 

De acordo com o dr. Onofre Ferreira, gerente geral de Fiscalização do CRF-SP, existe uma dificuldade em se comprovar as ilegalidades porque os profissionais que se submetem a essas condições apresentam contrato ou carteira de trabalho com a remuneração correspondente ou superior ao piso, apenas para conseguir a sua assunção perante o Conselho, mas não recebem esse valor. 

O CRF-SP tem procurado o apoio de entidades como o Sinfar e o Ministério Público do Trabalho para coibir a prática, mas é necessário que cada profissional procure fazer a sua parte, não aceitando pressão para praticar atos contrários à legislação e ao código de ética.

Caso necessite de ajuda,  entre em contato pelo tel: (11) 3067-1470, ou e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. O sigilo é garantido.

Tabela dos pisos salariais (outubro de 2012)

Drogaria/ Farmácia

Estado de São Paulo

R$ 2.100,00

Distribuidoras de drogas/ medicamentos/ correlatos/ perfumarias/ cosméticos/artigos de toucador

Estado de São Paulo

R$ 2.100,00

Drogaria/ Farmácia

Municípios do ABCD

R$ 2.759,32

Drogaria  / Farmácia e distribuidora

Município de Ribeirão Preto

R$ 1.950,00

Empresas de medicina de grupo

Território Nacional

R$ 1.220,81

Hospitais / Lab. de anal. clin./Clínicas de saúde

Estado de São Paulo

R$ 1.650,00

Hospitais / Lab. de anal. clin./Clínicas de saúde

Municípios de Osasco e Região

R$ 1.232,72

Hospitais Filantrópicos / Santas Casas

Estado de São Paulo

R$ 1.495,00

Hospitais Filantrópicos / Santas Casas

Municípios de Presidente Prudente e Região

R$ 1.400,00

Hospitais Filantrópicos / Santas Casas

Municípios de Ribeirão Preto e Região

R$ 1.490,00

Hospitais Filantrópicos / Santas Casas

Municípios da Baixada Santista

R$ 1.387,57

Hospitais Filantrópicos / Santas Casas

Municípios do Vale do Paraíba e Região

R$ 1.464,00

Obs: Não há piso salarial para a indústria farmacêutica

 

setinha  Voltar ao Sumário

setinha  Acesse aqui as edições anteriores ou faça download da Revista do Farmacêutico