Comissão Assessora de Acupuntura
Medicina Tradicional Chinesa

Coordenador: Dr. Carlos Alberto Kalil Neves
Vice-coordenadora: Dra. Viviane Bergamo Morgero
Vice-coordenador: Dr. Geilson de Souza Araujo

A Comissão Assessora de Acupuntura foi criada em Outubro de 2008 com o objetivo de discutir assuntos relacionados à área de atuação e garantir o âmbito do farmacêutico.

Dessa forma se faz necessário saber quem são os farmacêuticos que já atuam na área como acupunturistas, divulgar na classe acadêmica este novo âmbito profissional, divulgar esta terapia aos demais profissionais farmacêuticos.

Já estão em discussão diversos tópicos relacionados aos assuntos citados, no entanto, precisamos agregar mais profissionais para formarmos uma comissão forte e atuante.

Os colegas interessados em participar desta comissão deverão entrar em contato com o Departamento de Apoio Técnico e Educação Permanente pelo e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

A acupuntura é uma terapia que reúne conhecimentos técnicos, teóricos e empíricos que juntamente com a moxabustão, massagens e outras terapias fazem parte da antiga Medicina Tradicional Chinesa. É praticada há mais de 5.000 anos na China e utiliza a aplicação de agulhas em pontos de energia específicos no corpo para tratamento e prevenção de doenças.

O ser humano é considerado como um complexo de energia vital (Qi). Vários sistemas no organismo regulam o fluxo dessa energia que possui muitos pontos de controle. Os pontos de acupuntura estimulados corretamente provocam restauração do equilíbrio gerado no decorrer da enfermidade ou desequilíbrio energético. A enfermidade é considerada sempre um desequilíbrio energético.

A função da acupuntura é fazer com que o próprio corpo produza seus elementos para a restauração do equilíbrio orgânico e metabólico. Assim é o organismo que produz seu próprio "remédio".

A acupuntura tornou-se famosa pela sua capacidade de tratar a dor, hoje existem explicações científicas sobre as liberações de hormônios como as endorfinas e encefalinas, além de tratar todo aspecto de desequilíbrios mentais e emocionais agindo em nível de neuroreceptores como serotonina e diversos outros.

A acupuntura foi idealizada dentro do contexto global da fisiologia do Tao e das concepções filosóficas e fisiológicas que nortearam a Medicina Tradicional Chinesa. A concepção dos canais de Energia (meridianos) e dos pontos de acupuntura, o diagnóstico energético e o tratamento baseiam-se nos conceitos do Yang e do Yin, dos cinco movimentos, do Qi (Energia) e do Xue (sangue) e da teoria dos Zang Fu (órgãos/vísceras).

A acupuntura vem destacando-se por oferecer um tratamento rápido e eficaz, sem efeitos colaterais e praticamente indolor.

A Acupuntura regula o equilíbrio do organismo, melhorando a circulação sanguínea, aumentando a imunidade, trazendo um bem-estar físico e mental atingindo o equilíbrio mais rápido do paciente e reduzindo muitas vezes a necessidade de utilização de medicamentos ou mesmo reduzindo a dose necessária para atingir o mesmo objetivo e com isto, aumentando a eficácia do tratamento.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda que a prática da acupuntura seja feita por diferentes profissionais, cada qual segundo as atribuições próprias e competências específicas de sua profissão.

A OMS reconhece que a acupuntura atua de forma eficaz em diversas patologias, entre elas: Tendinites, Depressão, Cefaleias, Enxaquecas, Gastrites, entre outras.

É da integração entre os conhecimentos da Medicina Ocidental e da Medicina Tradicional chinesa que virá o “caminho do meio”, sabedoria única para o bem-estar físico e espiritual do paciente.

Ações - Acupuntura

Notícias - Acupuntura

Agenda Acupuntura

Membros - Acupuntura

 

Dr. Aparecido Nascimento Dias de Sá

Dr. Carlos Alberto Kalil Neves

Dr. Geilson de Souza Araújo

Dr. José Ricardo Domingues

Dra. Leika Mayumi Nakayama

Dr. Marcelo Fernando Buzanelli

Dra. Viviane Bergamo Morgero