Cartilha de Saúde Pública

A Comissão Assessora de Saúde Pública iniciou seus trabalhos em agosto de 1999 com a denominação de “Comissão Assessora de Serviço Público”. Em maio de 2004, a Comissão entendeu que esta denominação precisava de um termo mais abrangente; assim, passou a ser chamada de “Comissão Assessora de Saúde Pública”.

A Comissão integra a estrutura organizacional do CRF-SP, regida pela deliberação nº 04/2007. É um espaço para que os farmacêuticos que atuam neste segmento possam expor e debater temas de interesse comum e propor ações ao CRF-SP, bem como trocar informações de forma voluntária e não remunerada.

Entre as principais atividades desenvolvidas por essa comissão está a elaboração desta cartilha, que tem o objetivo de orientar os farmacêuticos já inseridos no serviço público de saúde e aqueles que desejam ingressar.

Entendemos que o farmacêutico está apto a atuar em diversas áreas de saúde pública; porém, para exercer a função com respaldo técnico e legal, recomendamos conhecer a política vigente para estes serviços no país, estado e município de sua atuação.

Este material se propõe a auxiliá-lo no conhecimento dos serviços, atribuições e responsabilidades profissionais do farmacêutico no serviço público de saúde, assim como iniciá-lo na Política Nacional de Medicamentos do Brasil.

Esta Cartilha foi publicada pela primeira vez em 2007, sendo revisada em 2010. Devido ao seu sucesso, cujo alcance não se restringiu somente aos profissionais e estudantes do Estado de São Paulo, o CRF-SP tomou a iniciativa de inscrever este rico material técnico na Agência Brasileira do International Standard Book Number (ISBN), vinculada à Fundação Biblioteca Nacional. O ISBN é  um sistema internacional que identifica numericamente os livros segundo título, autor, país e editora, o que faz dele uma publicação única no universo literário. Esperamos que a Cartilha de Saúde Pública contribua para o fortalecimento da categoria nesse segmento.