O Comitê de Educação Permanente, grupo criado em maio de 2008, tem como principal missão auxiliar na educação permanente do farmacêutico, discutindo e organizando os cursos essenciais e as atualizações online disponibilizadas na Academia Virtual de Farmácia do CRF-SP.

Veja a seguir os objetivos do Comitê de Educação Permanente:

  1. Auxiliar na capacitação técnica do farmacêutico, propondo à Diretoria a realização de cursos e atualizações online de diferentes níveis de conhecimento;
  2. Criar parâmetros de escolha e avaliação da grade de cursos e atualizações online oferecidos pelo CRF-SP, buscando abranger todas as áreas do conhecimento farmacêutico;
  3. Analisar as avaliações e sugestões dos participantes referentes aos cursos e atualizações online e tomar as devidas providências, caso necessário;
  4. Criar parâmetros de escolha e avaliação dos ministrantes de cursos e atualizações online;
  5. Avaliar os candidatos a ministrantes para cursos e atualizações online, conforme critérios pré-estabelecidos;
  6. Avaliar os ministrantes de cursos e atualizações online, conforme critérios pré-estabelecidos;
  7. Promover cursos presenciais e atualizações online com qualidade e excelência, a fim de garantir a valorização do Farmacêutico;
  8. Realizar estudos e emitir pareceres solicitados pela Diretoria do CRF-SP.

 

Membros Gestão 2016/2017
Dra. Danyelle Cristine Marini de Moraes
Dra. Raquel Cristina Delfini Rizzi
Dra. Amouni M. Mourad
Dra. Nathália Christino Diniz Silva
Dra. Reggiani Luzia Schinatto

Deliberação CRF-SP nº 14/2016 - Estabelece o valor a ser pago aos ministrantes dos cursos e atualizações online promovidos pelo CRF-SP

CONSELHO REGIONAL DE FARMÁCIA DO ESTADO DE SÃO PAULO
DELIBERAÇÃO Nº 14, DE 23 DE JUNHO DE 2016


Estabelece o valor a ser pago aos ministrantes dos cursos e
atualizações online promovidos pelo Conselho Regional de
Farmácia do Estado de São Paulo, e dá outras providências.


O CRF-SP poderá promover cursos presenciais e atualizações online, sendo que os profissionais envolvidos
com esses cursos, escolhidos de acordo com os critérios de notória especialização na área, serão tratados como
ministrantes.
Artigo 1º Os ministrantes dos cursos promovidos pelo CRF/SP deverão cumprir os critérios abaixo descritos:
I - O ministrante farmacêutico deve ter inscrição ativa. Caso seja inscrito em CRF de outro Estado, deverá
comprovar que possui inscrição ativa e que está quite com o respectivo Conselho.
II - O ministrante deverá gozar de ilibada reputação profissional.
III - Caberá ao ministrante comprovar perante o CRF/SP sua titulação, mediante apresentação de currículo e
cópia do diploma, que ficarão devidamente arquivados no CRF/SP.
Artigo 2º São responsabilidades dos ministrantes:
I - Prestar contas de suas ações.
II - Conhecer as normativas do CRF/SP.
III - Cumprir os horários e prazos estabelecidos em contrato.
IV - Preencher relatório de avaliação.
V - Elaborar o conteúdo do curso, bem como o material visual em conjunto com o grupo de profissionais
definido previamente para o curso, salvo em cursos com apenas um ministrante, seguindo os padrões estabelecidos
pelo CRF-SP.
VI - Atualizar o material em conjunto com o grupo de profissionais definido previamente para o curso,
devendo encaminhar as propostas anteriormente ao CRF/SP e observar, ainda, as seguintes diretrizes:
a) As atualizações do material dos cursos presenciais deverão ser encaminhadas com antecedência de 15
(quinze) dias ao CRF/SP.
b) As atualizações dos materiais da atualização online somente serão realizadas mediante autorização do
CRF/SP.
c) O material elaborado e atualizado pelo ministrante será de propriedade do CRF/SP.
d) Em hipótese alguma o ministrante poderá utilizar material diferente do encaminhado ao CRF/SP.
Artigo 3º São responsabilidades específicas dos ministrantes dos cursos presenciais:
I - Acompanhar os participantes dos cursos e estimular uma participação ativa.
II - Realizar dinâmicas durante o curso, sempre que possível.
III - Cumprir horários de início e término.
Artigo 4º São responsabilidades específicas dos ministrantes das atualizações online:
I - Assinar termo de cessão de direitos de uso de imagem e voz a ser elaborado pelo CRF/SP.
II - Responder a 10 perguntas referentes ao seu tema, que ficarão disponíveis aos farmacêuticos que
participarem das atualizações online.
Artigo 5º - Os valores a serem pagos, por hora, aos ministrantes dos cursos presenciais, dar-se-ão obedecendo
aos critérios de titulação e especialização abaixo descritos:
I - Especialistas - R$ 100,00 (cem reais).
II - Mestres - R$ 120,00 (cento e vinte reais).
III - Doutores - R$ 140,00 (cento e quarenta reais).
§ 1º - O pagamento dos cursos presenciais realizados no mês será efetuado de uma única vez, mediante
apresentação de recibo de pagamento de autônomo, até o décimo dia do mês subsequente à realização do curso.
Artigo 6º - Os valores a serem pagos, por hora, aos ministrantes das atualizações online, dar-se-ão obedecendo
aos critérios de titulação e especialização abaixo descritos:
I - Especialistas - R$ 200,00 (duzentos reais).
II - Mestres - R$ 240,00 (duzentos e quarenta reais).
III - Doutores - R$ 280,00 (duzentos e oitenta reais).
§ 2º - O pagamento das atualizações online será efetuado de uma única vez, mediante apresentação de recibo
de pagamento de autônomo, até o décimo dia do mês subsequente à gravação.
Artigo 7º - O deslocamento do ministrante poderá ser pago pelo CRF/SP por meio das seguintes hipóteses:
I - Utilização de táxi da empresa conveniada ao CRF/SP ou de suas associadas, com utilização de boleto
próprio fornecido pelo CRF/SP. Nesse caso o CRF/SP realiza o pagamento direto à empresa;
II - Utilização de táxi comum nas cidades não atendidas pela empresa conveniada, seja com frota própria ou
com empresas parceiras. O ressarcimento do ministrante ocorrerá mediante apresentação de recibo devidamente
preenchido sem emendas, borrões ou rasuras, datado, nominal ao executor da despesa, contendo discriminação
detalhada do serviço a que se refere, valores despendidos, número do CPF/MF do ministrante e assinatura do motorista.
III - Utilização de veículo próprio: haverá o pagamento correspondente à proporção de 08 Km/L (oito
quilômetros por litro de combustível), sendo utilizados como referência o endereço residencial do ministrante e o
endereço do local do curso.
IV - Utilização de veículo locado pelo CRF/SP, mediante prévia solicitação e a comprovação de que o
ministrante possui carteira nacional de habilitação (CNH) válida. O ressarcimento do combustível ao ministrante
ocorrerá mediante apresentação de nota fiscal, devidamente preenchida sem emendas, borrões ou rasuras, datada,
nominal ao executor da despesa, contendo discriminação detalhada do serviço a que se refere, combustível adquirido,
valores despendidos (unitário e total), número do CPF/MF do ministrante e do CNPJ/MF do estabelecimento. O
ministrante se responsabilizará por quaisquer despesas adicionais decorrentes da locação do veículo, tais como multas,
avarias, lavagens, etc.
V - Utilização de ônibus intermunicipal: ocorrerá ressarcimento da passagem mediante a apresentação do seu
original, devidamente preenchido, acompanhado do comprovante do seguro;
§ 1º - É vedada a utilização de taxi, prevista nos incisos I e II, para os deslocamentos intermunicipais,
excetuando-se os municípios que integram a região da Grande São Paulo.
§ 2º - Nos deslocamentos previstos nos incisos III e IV, ocorrerá ressarcimento do valor do pedágio mediante
a apresentação do comprovante original ou extrato do serviço "Sem Parar".
§ 3º - O ministrante se responsabiliza totalmente pela utilização de seu veículo próprio, inclusive quanto a
possíveis despesas com gastos extras, estacionamentos, seguros e eventuais acidentes ou avarias no percurso.
§ 4º - Caso o deslocamento seja para: Adamantina, Araçatuba, Barretos, Bauru, Fernandópolis, Marília,
Presidente Prudente, Ribeirão Preto e São José do Rio Preto, o CRF/SP poderá autorizar o deslocamento por meio aéreo
(avião), desde que a solicitação seja feita por escrito pelo ministrante ao CRF-SP, com antecedência mínima de 15
(quinze) dias, para que possa ser providenciada a aquisição da passagem aérea. Caso haja desistência, perda ou
remarcação de voo, o ministrante deverá arcar com os custos envolvidos.
Artigo 8º O ministrante deverá apresentar-se antes do horário de início do curso, devendo escolher a melhor
forma de transporte, desde que respeitado o determinado no artigo 7º.
Artigo 9º Caso seja necessária hospedagem, a reserva e o pagamento serão realizados pelo CRF/SP.
Entretanto, caso haja desistência do ministrante, esta só será admitida em tempo hábil para o cancelamento da reserva,
sob pena do ministrante arcar com o valor cobrado pela não hospedagem.
Parágrafo único - Entende-se como tempo hábil, o período de cancelamento estabelecido pelo hotel, para que
não haja a cobrança de nenhum valor ao CRF-SP.
Artigo 10º O CRF/SP fornecerá alimentação - refeição e bebidas não alcoólicas - ao ministrante, através de
restaurante cadastrado, até o limite de R$ 75,00 (setenta e cinco reais) por dia, mediante envio da nota fiscal pelo
estabelecimento ao CRF/SP.
§ 1º - O restaurante cadastrado receberá declaração emitida pelo CRF/SP autorizando a emissão de nota fiscal
em nome deste, até o valor máximo diário previsto neste artigo e calculado de acordo com o número de ministrantes.
§ 2º - Caso o ministrante opte por se alimentar em restaurante não cadastrado, o CRF/SP irá ressarci-lo até o
limite máximo diário de R$ 75,00 (setenta e cinco reais), mediante apresentação de nota/cupom fiscal contendo, sem
rasuras, o número do CPF/MF do ministrante e a descrição como refeição, ressaltando que outras terminologias não
serão aceitas.
§ 3º - O CRF/SP não se responsabilizará por gastos extras assumidos pelo ministrante, como valores
despendidos com lavanderia, internet, frigobar, sobremesa, bebidas alcoólicas etc.
§ 4º - Aplicam-se as disposições contidas neste artigo nos casos de ministrantes e palestrantes que participem
gratuitamente de eventos promovidos pelo CRF/SP.
Artigo 11º - Esta Deliberação entra em vigor na data de sua publicação, revogando a Portaria nº 09/2006,
Deliberação nº 27/2011, Deliberação nº117/2014, Deliberação nº11/2015, bem como as demais disposições em
contrário.
Artigo 12º - Dúvidas ou omissões serão decididas pela Diretoria, ficando os funcionários e ministrantes
sujeitos às penalidades administrativas e cíveis cabíveis.


PEDRO EDUARDO MENEGASSO
Presidente do Conselho

Deliberação CRF-SP nº 24/2013 - Define regras para a realização de cursos e suas respectivas inscrições

DELIBERAÇÃO nº 24/2013


Define regras para a realização de cursos e suas respectivas inscrições.


Artigo 1º - O CRF/SP oferecerá, mediante inscrição, cursos para aprimoramento profissional, os quais consistirão nas seguintes modalidades:
I – Cursos Essenciais – desenvolvidos com conteúdo de interesse das várias áreas de atuação do farmacêutico.
II – Cursos de Excelência – desenvolvidos com conteúdo específico para uma ou mais área de atuação do farmacêutico, que podem exigir conhecimento prévio.
Artigo 2º - Os cursos oferecidos pelo CRF/SP terão duração de no mínimo quatro horas, observadas as seguintes condições:
I – caso, no prazo de 03 (três) dias úteis que antecedem a data do curso, não haja no mínimo vinte e cinco farmacêuticos inscritos, o curso será cancelado, cabendo a Secretaria dos Colaboradores (SECOL) comunicar aos funcionários da Seccional e do departamento de Eventos, bem como os Diretores Regionais, salvo em caso de cursos com atividades práticas aos quais este critério de cancelamento não se aplica.
II – nos casos de cursos com atividades práticas, se, no prazo de 03 (três) dias úteis que antecedem a data do curso, não haja no mínimo vinte farmacêuticos inscritos, o curso será cancelado, cabendo a Secretaria dos Colaboradores (SECOL) comunicar aos funcionários da Seccional e do departamento de Eventos, bem como os Diretores Regionais.
III - caso o curso não atenda ao critério estabelecido nos incisos I e II deste artigo por 02 (duas) vezes, deverá ser cancelado, não havendo remarcação.
Artigo 3º - Nas hipóteses previstas nos incisos do artigo anterior, caberá:
I – a Secretaria dos Colaboradores – SECOL:
a. comunicar o cancelamento do curso aos funcionários da Seccional e do departamento de Eventos, bem como ao Diretor Regional e na sua ausência ao Vice-diretor Regional;
b. informar ao ministrante do curso sobre o seu cancelamento e verificar a disponibilidade de outra data para novo agendamento;
c. assim que houver agendamento de uma nova data com o ministrante, o Diretor Regional (na sua ausência o Vice-diretor Regional) deverá ser contatado para que verifique a possibilidade da realização do curso na data proposta;
d. após aprovação do Diretor Regional ou Vice-diretor Regional, os funcionários da Seccional e o departamento de Eventos deverão ser comunicados.
II – ao Departamento de Eventos:
a. quando o curso for ofertado na sede (São Paulo), entrar em contato com os inscritos e informar que o curso será adiado e, entrar em contato com os inscritos novamente quando for agendada uma nova data;
b. ser responsável também por realizar a alteração no portal do Conselho, bem como na planilha de cursos disponibilizada no Pub e no Sistema de Eventos.
III – aos Funcionários das Seccionais (Atendimento):
a. entrar em contato com os inscritos e informar que o curso será adiado e, entrar em contato com os inscritos novamente quando for agendada uma nova data.
IV – ao Diretor Regional e Vice-diretor Regional:
a. Indicar ao Comitê de Educação Permanente – CEP, no prazo por ele fixado, os cursos a serem realizados na seccional;
b. Divulgar para os farmacêuticos da região os cursos agendados na sua seccional, bem como aqueles de seccionais próximas;
c. Gerenciar a realização de cursos na sua seccional, evitando o cancelamento por falta de inscritos e/ou auxiliando na substituição de locais para atendimento da demanda de inscritos;
d. Realizar a abertura dos cursos.
Artigo 4º - Os cursos são disponibilizados aos farmacêuticos inscritos no CRF/SP, entretanto, havendo vagas remanescentes, poderão ser inscritos também acadêmicos do curso de farmácia. § 1º Para as inscrições de acadêmicos, deverá ser criada uma lista de espera e, no dia anterior à realização do curso, às 16h00, os funcionários da Seccional ou do departamento de Eventos (curso na sede em São Paulo) deverão entrar em contato com os acadêmicos da lista de espera e inscrevê-los nas vagas remanescentes até que se atinja a quantidade máxima das vagas disponibilizadas.
§ 2º Em nenhuma hipótese é permitido que o acadêmico tenha preferência ao farmacêutico inscrito no CRF/SP para vaga do curso tratado na presente deliberação.
§ 3º Antes da participação no curso, o acadêmico graduando em farmácia deverá comprovar sua condição por meio de carteira pessoal da Instituição de Ensino Superior (IES) com foto, boleto da IES quitado acompanhado de documento oficial com foto ou outro documento que lhe faça as vezes e seja possível a comprovação da sua graduação em farmácia.
Artigo 5º - Caso se constate, até 15 (quinze) dias antes da realização do curso, que as inscrições efetivadas superam a capacidade do local programado para realização do curso, o departamento de Eventos (quando o curso estiver programado para ser realizado na sede do CRF/SP (São Paulo) e o Diretor Regional (cursos realizados nas seccionais) deverão procurar local adequado, que comporte a demanda do curso, para transferência do curso, sendo vedada a recusa de novas inscrições sob a decorrência de ausência de vagas.
§ 1º O caput do artigo não se aplica aos cursos com atividades práticas.
§ 2º A transferência do local do curso deverá ser informada a todos os inscritos por meio do departamento de Eventos (caso o curso ocorra na sede CRF/SP em São Paulo) e pelos funcionários do atendimento (caso o curso seja realizado nas seccionais).
§ 3º Na hipótese das inscrições superarem as vagas para o curso em período inferior ao previsto no caput, o curso será mantido conforme programação inicial, e os excedentes serão elencados em uma lista apartada denominada de “lista de interesse”.
Artigo 7º - Esta Deliberação entra em vigor na data de sua publicação, revogando a Deliberação nº 35/2011, bem como as demais disposições em contrário.
Artigo 8º - Dúvidas ou omissões serão decididas pela Diretoria, ficando os funcionários sujeito às penalidades administrativas e cíveis cabíveis.
São Paulo, 28 de maio de 2013.

Procedimento para seleção de candidatos a ministrantes de cursos do CRF-SP

Critérios para seleção de ministrantes de cursos do CRF-SP

Critérios para avaliação contínua de ministrantes de cursos do CRF-SP

CRITÉRIOS PARA AVALIAÇÃO CONTÍNUA DOS MINISTRANTES DE CURSOS DO CONSELHO REGIONAL DE FARMÁCIA DO ESTADO DE SÃO PAULO (CRF-SP)

 

Os ministrantes dos cursos promovidos pelo CRF-SP serão continuamente avaliados mediante um formulário padrão a ser preenchido pelos participantes.

Quesitos de avaliação:

  • Demonstração de conhecimento sobre o tema
  • Esclarecimento com segurança, das dúvidas dos participantes
  • Fornecimento de exemplos práticos atualizados sobre o tema
  • Apresentação dos assuntos de forma a despertar o interesse
  • Organização adequada da apresentação dos conteúdos
  • Exposição dos conteúdos de forma objetiva, clara e numa linguagem acessível
  • Demonstração de relacionamento cordial com os participantes
  • Estímulo da discussão sobre o tema, com tolerância a opiniões divergentes

 

O participante dará nota de 1 (ruim) a 5 (ótimo) em cada um dos quesitos acima relacionados.

Para o cálculo da pontuação obtida em cada curso, serão atribuídos pesos diferentes aos quesitos, conforme descrito a seguir.

 

Peso

Demonstração de conhecimento sobre o tema

2

Esclarecimento com segurança, das dúvidas dos participantes

2

Fornecimento de exemplos práticos atualizados sobre o tema

2

Apresentação dos assuntos de forma a despertar o interesse

1

Organização adequada da apresentação dos conteúdos

1

Exposição dos conteúdos de forma objetiva, clara e numa linguagem acessível

2

Demonstração de relacionamento cordial com os participantes

1

Estímulo da discussão sobre o tema, com tolerância a opiniões divergentes

1

 

Com base na média da pontuação obtida nos formulários, será atribuída uma nota final ao ministrante em cada curso. Essa nota motivará os encaminhamentos abaixo:

  • 0 a 20 pontos – desligamento imediato do quadro de ministrantes dos cursos do CRF-SP;
  • 21 a 39 pontos – convite para participar de uma reunião com o CEP, a fim de aprimorar os quesitos considerados a serem melhorados;
  • 40 a 60 pontos – manutenção no quadro de ministrantes dos cursos do CRF-SP.

 

As sugestões/comentários realizados pelos participantes dos cursos, representantes do CRF-SP e funcionários do CRF-SP que acompanharem os cursos serão analisados e também poderão gerar uma das providências anteriormente citadas em relação aos ministrantes.

 

Os cursos essenciais foram criados para promover a atualização do farmacêutico de forma a atender as novas demandas do mercado de trabalho e da sociedade, bem como propiciar informação sobre as legislações profissionais e sanitárias vigentes. Nesse contexto, a grade de temas é definida de acordo com:

  • formulários de avaliação preenchidos durante os cursos;
  • pesquisa sobre os temas disponível no portal do CRF-SP (clique aqui e participe);
  • sugestões recebidas pelo CRF-SP, por meio do e-mail cursos@crfsp.org.br.

Confira a grade de temas disponíveis pelo CRF-SP para 2018.

Acompanhamento farmacoterapêutico

Aspectos técnicos e regulatórios relacionados ao desenvolvimento, registro e pós-registro de medicamentos

Assistência farmacêutica no SUS

Autoinspeção na indústria

Avaliação de exames laboratoriais para acompanhamento farmacoterapêutico

Avaliação de tecnologias em saúde

Boas práticas de dispensação de medicamentos com ênfase em POPs

Boas práticas de manipulação de medicamentos com ênfase em POPs

Boas práticas em farmácia homeopática

Boas práticas farmacêuticas na manipulação de medicamentos veterinários

Casos práticos em infrações sanitárias

Como montar uma farmácia: passo a passo

Consultório farmacêutico

Controle de qualidade na indústria

Cuidados farmacêuticos em pacientes com asma e DPOC

Cuidados farmacêuticos em pacientes com diabetes

Cuidados farmacêuticos em pacientes com dislipidemia

Cuidados farmacêuticos em pacientes com febre

Cuidados farmacêuticos em pacientes com hipertensão arterial sistêmica

Cuidados farmacêuticos em pacientes com obesidade

Cuidados farmacêuticos em vacinação

Cuidados farmacêuticos na dispensação de antimicrobianos

Cuidados farmacêuticos na dispensação de dermocosméticos

Cuidados farmacêuticos na dispensação de psicofármacos

Cuidados farmacêuticos na dispensação de suplementos alimentares

Cuidados farmacêuticos na gestação e lactação

Cuidados farmacêuticos na nutrição enteral e parenteral

Cuidados farmacêuticos na oncologia

Cuidados farmacêuticos na pediatria

Cuidados farmacêuticos na saúde da mulher

Cuidados farmacêuticos na saúde do idoso

Cuidados farmacêuticos: comunicação entre profissionais de saúde e pacientes

Eventos adversos e farmacovigilância

Farmácia clínica aplicada à farmácia hospitalar

Farmacoeconomia aplicada à área hospitalar

Farmacoeconomia no SUS

Farmacovigilância na indústria

Gestão de laboratórios

Gestão de pessoas/liderança farmacêutica

Gestão de resíduos

Gestão e boas práticas em transporte e logística farmacêutica

Gestão em farmácia hospitalar

Gestão financeira e de estoque para farmácias e drogarias

Indicadores de qualidade no ambiente de trabalho

Indicadores e sistema de qualidade na logística farmacêutica

Interações Medicamentosas - álcool e alimentos

Interações medicamentosas - MIP

Interpretação de exames laboratoriais – curso I

Interpretação de exames laboratoriais – curso II

Introdução à Medicina Tradicional Chinesa (MTC)

Marketing farmacêutico

Interpretação de exames laboratoriais – curMedicamentos sob controle especial e antimicrobianos com ênfase no SNGPC

O uso da evidência científica na prática clínica

Pesquisa Clínica: o que o farmacêutico pode fazer?

Portaria 344/98 e suas atualizações

Prescrição farmacêutica – dor, febre e cefaleia

Prescrição farmacêutica – pele

Prescrição farmacêutica – sistemas gastrointestinal e geniturinário

Prescrição farmacêutica – sistema respiratório

Prescrição farmacêutica de medicamentos fitoterápicos

Prescrição farmacêutica de medicamentos homeopáticos

Prescrição farmacêutica de produtos da Medicina Tradicional Chinesa (MTC)

Prevenção de erros na manipulação de medicamentos homeopáticos

Primeiros socorros

Saúde Estética: o que o farmacêutico pode fazer?

Semiologia

Técnicas de aplicação de injetáveis

Toxicologia

Seccional Total de cursos
2017 2016 2015 2014
Adamantina 2 4 3 5
Araçatuba 3 4 3 6
Araraquara 2 3 3 8
Avaré 2 3 1 4
Barretos 3 4 3 6
Bauru 3 3 1 3
Bragança Paulista 3 3 2 4
Campinas 4 6 4 5
Caraguatatuba 2 2 3 4
Fernandópolis 2 3 3 6
Franca 2 3 1 2
Guarulhos 3 4 3 6
Jundiaí 3 6 3 6
Marília 3 3 2 7
Mogi das Cruzes 3 4 4 6
Osasco 3 5 4 7
Piracicaba 4 5 4 5
Presidente Prudente 4 4 3 6
Registro 4 2 3 3
Ribeirão Preto 3 4 3 6
Santo André 4 7 4 7
Santos 3 5 2 5
São João da Boa Vista 3 4 1 4
São José do Rio Preto 6 5 5 5
São José dos Campos 4 5 3 6
São Paulo (Sede) 17 24 22 33
Sorocaba 4 6 4 6
Zona Leste 8 6 5 10
Zona Sul 3 4 - -
Total  110 141 102 181
Academia Virtual de Farmácia do CRF-SP

O objetivo é oferecer atualizações à distância pela internet, facilitando o acesso e assegurando flexibilidade de horário, permitindo que o interessado aprenda o conteúdo no seu tempo livre.

As atualizações online do CRF-SP poderão ser acessadas por meio da  Academia Virtual de Farmácia do CRF-SP, uma plataforma virtual que facilita o acesso dos profissionais de todos os locais do Estado de São Paulo.

Como acessar

Para acessar as atualizações online, o farmacêutico deve estar regularmente inscrito no Conselho, acessar o atendimento eletrônico no portal CRF-SP, clicar em Academia Virtual de Farmácia e seguir o passo a passo.

Se preferir, assista ao vídeo com as instruções para acessar a Academia Virtual de Farmácia:  http://ow.ly/IC2h308ag62.

Confira as atualizações online disponíveis na Academia Virtual de Farmácia do CRF-SP.

 

Conheça os ministrantes dos cursos do CRF-SP de 2017.

Caso tenha interesse em ser ministrante, conheça o procedimento e critérios para seleção de candidatos a ministrantes de cursos do CRF-SP em Normas.

Adriana Garcia

Cursos Ministrados
  • Técnicas de aplicação de injetáveis
Lattes

Adriano Falvo

Cursos Ministrados
  • Medicamentos sob controle especial e antimicrobianos com ênfase no SNGPC
Lattes

Adryella de Paula Ferreira Luz

Cursos Ministrados
  • Cuidados farmacêuticos na dispensação de antimicrobianos
Lattes

Alexandre Henrique Leonel

Cursos Ministrados
  • Prescrição farmacêutica de medicamentos homeopáticos
Lattes

Amouni Mohmoud Mourad

Cursos Ministrados
  • Cuidados farmacêuticos na dispensação de psicofármacos
  • Interações medicamentosas - MIP
  • Prescrição farmacêutica
Lattes

Anderson Freire Carniel

Cursos Ministrados
  • Cuidados farmacêuticos na manipulação de medicamentos veterinários
Lattes

André Luis dos Santos

Cursos Ministrados
  • Técnicas de aplicação de injetáveis

Annemeri Livinalli

Cursos Ministrados
  • Cuidados farmacêuticos na oncologia
Lattes

Aparecida Érica Bighetti Ribas

Cursos Ministrados
  • Cuidados farmacêuticos na dispensação de dermocosméticos
Lattes

Cássio Higo Fedossi Furst

Cursos Ministrados
  • Gestão de pessoas/liderança farmacêutica
Lattes

Daniel Antunes Junior

Cursos Ministrados
  • Boas práticas de manipulação de medicamentos com ênfase em POPs
Lattes

Daniel de Carvalho Bazoli

Cursos Ministrados
  • Cuidados farmacêuticos em vacinação
  • Interações medicamentosas - MIP
  • Primeiros socorros
Lattes

Daniela Vieira Baldini Batista

Cursos Ministrados
  • Farmácia clínica aplicada à farmácia hospitalar
Lattes

Eder de Carvalho Pincinato

Cursos Ministrados
  • Cuidados farmacêuticos na síndrome metabólica com ênfase em obesidade e dislipidemia
Lattes

Edison Penachin

Cursos Ministrados
  • Introdução à Medicina Tradicional Chinesa (MTC)

Elaine Cristina Izzo Manzano

Cursos Ministrados
  • Gestão e boas práticas em transporte e logística farmacêutica
  • Indicadores e sistema de qualidade na logística farmacêutica
Lattes

Eliane Cortez

Cursos Ministrados
  • Assistência farmacêutica no SUS

Fabiana Cremaschi Palma

Cursos Ministrados
  • Indicadores e Sistema de Qualidade na Logística Farmacêutica

Fábio Ribeiro da Silva

Cursos Ministrados
  • Cuidados farmacêuticos na dispensação de psicofármacos
  • Interações medicamentosas - MIP
  • Prescrição farmacêutica
Lattes

Fabrício de Faveri Favero

Cursos Ministrados
  • Cuidados farmacêuticos na síndrome metabólica com ênfase em obesidade e dislipidemia
Lattes

Fernanda Carolina Cruz Evangelista

Cursos Ministrados
  • Gestão em farmácia hospitalar
Lattes

Fernanda Nogueira Cavalcanti

Cursos Ministrados
  • Prescrição farmacêutica
Lattes

Graziela Luppi

Cursos Ministrados
  • Cuidados farmacêuticos na saúde do idoso
Lattes

Hellen Dea Barros Maluly

Cursos Ministrados
  • Cuidados farmacêuticos na dispensação de suplementos alimentares
Lattes

Israel Murakami

Cursos Ministrados
  • Casos práticos em infrações sanitárias
Lattes

Jefferson Silva Martins

Cursos Ministrados
  • Cuidados farmacêuticos na oncologia
Lattes

José Henrique Gialongo Gonçales Bomfim

Cursos Ministrados
  • Cuidados farmacêuticos na dispensação de suplementos alimentares
Lattes

José Luiz Franceschi

Cursos Ministrados
  • Técnicas de aplicação de injetáveis

José Vanilton de Almeida

Cursos Ministrados
  • Prescrição farmacêutica
Lattes

Lívia Maria Gonçalves Barbosa

Cursos Ministrados
  • Farmácia clínica aplicada à farmácia hospitalar
Lattes

Lucas Portilho Geraldo

Cursos Ministrados
  • Cuidados farmacêuticos na dispensação de dermocosméticos
Lattes

Luis Carlos Marques

Cursos Ministrados
  • Prescrição farmacêutica de medicamentos fitoterápicos
Lattes

Luis do Nascimento Ortega

Cursos Ministrados
  • Cuidados farmacêuticos na dispensação de psicofármacos
  • Interações medicamentosas - MIP
  • Prescrição farmacêutica
Lattes

Márcia de Cássia Silva Borges

Cursos Ministrados
  • Boas práticas em farmácia homeopática
  • Prevenção de erros na manipulação de medicamentos homeopáticos
Lattes

Mônica Cristina Santos Ricci

Cursos Ministrados
  • Cuidados farmacêuticos na pediatria
Lattes

Nilsa Sumie Yamashita Wadt

Cursos Ministrados
  • Prescrição farmacêutica de medicamentos fitoterápicos
Lattes

Paulo Cesar Varanda

Cursos Ministrados
  • Prescrição farmacêutica de produtos da Medicina Tradicional Chinesa (MTC)
Lattes

Pedro Paulo Dias Junior

Cursos Ministrados
  • Gestão de Pessoas/Liderança Farmacêutica
Lattes

Rafael Cairê de Oliveira dos Santos

Cursos Ministrados
  • Cuidados farmacêuticos: atuação clínica na farmácia
Lattes

Raphael Correa de Figueiredo

Cursos Ministrados
  • Gestão de resíduos
Lattes

Rodinei Vieira Veloso

Cursos Ministrados
  • Portaria 344/98 e suas atualizações
  • Prescrição farmacêutica
  • Técnicas de aplicação de injetáveis
Lattes

Rogério Lopes Junior

Cursos Ministrados
  • Como montar uma farmácia: passo a passo
  • Cuidados farmacêuticos na dispensação de antimicrobianos
Lattes

Rosa Malena Doretto Massura

Cursos Ministrados
  • Prevenção de erros na manipulação de medicamentos homeopáticos
Lattes

Rosana Miguel Messias Mastellaro

Cursos Ministrados
  • Aspectos técnicos e regulatórios relacionados ao desenvolvimento e registro de medicamentos
  • Farmacovigilância na indústria
Lattes

Sandro Jorge Januário

Cursos Ministrados
  • Avaliação de exames laboratoriais para acompanhamento farmacoterapêutico
  • Interferência de medicamentos em exames laboratoriais
  • Interpretação de exames laboratoriais
Lattes

Soraia Barbosa Salla

Cursos Ministrados
  • Técnicas de aplicação de injetáveis

Soraia Guerra Silvares

Cursos Ministrados
  • Cuidados farmacêuticos na gestação e lactação
  • Cuidados farmacêuticos na saúde da mulher
Lattes

Tatiana Barbosa Pereira

Cursos Ministrados
  • Marketing farmacêutico
Lattes

Tatiana Ferrara Barros

Cursos Ministrados
  • Boas práticas de dispensação de medicamentos com ênfase em POPs
  • Como montar uma farmácia: passo a passo
Lattes

Valéria Maria de Souza Antunes

Cursos Ministrados
  • Cuidados farmacêuticos na dispensação de dermocosméticos
Lattes

Valter Garcia Santos

Cursos Ministrados
  • Farmacoeconomia aplicada à área hospitalar
  • Farmacoeconomia no SUS
Lattes

Vitor de Oliveira

Cursos Ministrados
  • Gestão e boas práticas em transporte e logística farmacêutica
  • Indicadores e sistema de qualidade na logística farmacêutica