Entidade é reconhecida por boas práticas nas contratações públicas

 

Dra. Patricia Simoni Barretto, Gerente Geral Financeira, Contábil e Dívida Ativa; Dra. Danyelle Marini, conselheira do CRF-SP; Dra. Simone Lisot, superintendente do CRF-SP e Dr. Leandro Pescuma, advogado do CRF-SPDra. Patricia Simoni Barretto, Gerente Geral Financeira, Contábil e Dívida Ativa; Dra. Danyelle Marini, conselheira do CRF-SP; Dra. Simone Lisot, superintendente do CRF-SP e Dr. Leandro Pescuma, advogado do CRF-SPSão Paulo, 28 de novembro de 2017

O CRF-SP recebeu hoje, 28/11, na Conferência Nacional dos Conselhos Profissionais, que ocorre em Brasília, o Prêmio "Boas Práticas nas Contratações Públicas" em duas categorias: Entidade com maior tempo de adoção de Pregões na forma eletrônica e Entidade com o maior número de Pregões Eletrônicos realizados. 

A Conferência Nacional dos Conselhos Profissionais tem como objetivo proporcionar aos agentes dos Conselhos Profissionais de Fiscalização o conhecimento das melhores práticas de Administração, Governança e Controle de Gestão, promovendo a segurança jurídica na tomada de decisões.

Segundo a organização do evento, a atual necessidade de prestação de contas de todos os conselhos, por determinação de julgados do Tribunal de Contas da União – TCU, tornou fundamental a especialização e capacitação dos agentes empregados das autarquias, para aprimorar e contribuir com o aperfeiçoamento dos serviços prestados.

Para o gerente geral administrativo do CRF-SP, Alexandre Picorallo Medeiros, esses prêmios são importantes, pois demonstram que a entidade se preocupa em adquirir seus bens e serviços tanto com melhor preço, como com mais oportunidade para as empresas. “O Tribunal de Contas da União recomenda sempre que as compras, quando possíveis, sejam realizadas por pregão, pois esta traz mais vantagem para Administração Pública, garantindo menor preço. E o pregão eletrônico é uma escolha melhor ainda porque cria maior publicidade e permite que qualquer empresa possa entrar no leilão sem muita burocracia, aumentando a competição”, afirmou.

O CRF-SP passou a utilizar os pregões na forma eletrônica em 2006. Desde então, já realizou 640 pregões na modalidade. 

 

 

Departamento de Comunicação CRF-SP

CLIQUE AQUI PARA CONSULTAR OUTRAS NOTÍCIAS