Apoio parlamentar

 

Câmara de Piracicaba aprova moção de repúdio contra cursos 100% EaD

 

A conselheira do CRF-SP Dra. Luciana Canetto falou na tribuna popular sobre as consequências da formação na área da saúde na modalidade 100% EaDA conselheira do CRF-SP Dra. Luciana Canetto falou na tribuna popular sobre as consequências da formação na área da saúde na modalidade 100% EaDSão Paulo, 12 de setembro de 2017.

Em sessão ordinária realizada na noite de ontem, 11, na Câmara Municipal de Piracicaba, os vereadores aprovaram por unanimidade moção de repúdio contra os cursos de graduação na área da saúde na modalidade 100% Ensino à Distância (EaD). 

A questão foi abordada pela conselheira do CRF-SP Dra. Luciana Canetto Fernandes, que utilizou a tribuna popular para solicitar apoio dos parlamentares à mobilização nacional para que o Ministério da Educação reveja a expansão da oferta de cursos superiores à distância em áreas cuja frequência presencial dos alunos é primordial.

Dra. Luciana representou o CRF-SP na sessão e abordou a temática sobre os cursos de graduação 100% EaD, detalhando as possíveis consequências dessa modalidade na formação dos profissionais da saúde, bem como os riscos para a sociedade. “Conseguimos um apoio importante em favor de uma educação de qualidade. Farmacêutico cuida de vidas humanas, por isso tem de ser bem formado. A vida não é virtual”, afirmou a conselheira do CRF-SP.

 

Renata Gonçalez

Departamento de Comunicação CRF-SP

 

CLIQUE AQUI PARA CONSULTAR OUTRAS NOTÍCIAS