Aprovados medicamentos inéditos para tratamento da asma e depressão

Aprovados medicamentos para asma e depressão Aprovados medicamentos para asma e depressão São Paulo, 24 de agosto de 2017.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária aprovou dois novos medicamentos, um para tratamento da asma, indicado quando a doença atinge estado grave em adultos, e outro para a depressão, para o transtorno depressivo maior (TDM) em adultos.

O medicamento Nucala® (mepolizumabe), inédito no Brasil, é indicado como tratamento complementar de manutenção da asma eosinofílica grave em pacientes adultos e foi aprovado pela Anvisa na segunda-feira (21).  Esse tipo de doença acontece em pessoas que têm um tipo de glóbulo branco, chamado eosinófilos, no sangue e nos pulmões. 

O medicamento bloqueia uma proteína chamada interleucina-5. Ao bloquear a ação dessa proteína, limita a produção de mais eosinófilos pela medula óssea e diminui o número de eosinófilos na corrente sanguínea e nos pulmões.

Já o VIIBRYD® (cloridrato de vilazodona) é um novo tratamento para a depressão que deve chegar ao mercado nos próximos meses. O medicamento estará disponível na forma de comprimidos, nas concentrações de 10mg, 20mg e 40mg. O produto é indicado para o tratamento do transtorno depressivo maior (TDM) em adultos. 

Segundo o conhecimento médico atual, uma das causas da depressão seria a neurotransmissão deficiente nas sinapses centrais da serotonina (5-HT). Por isso, um agente que aumenta a transmissão de 5-HT seria um eficaz antidepressivo. A vilazodona é um inibidor seletivo da recaptação da serotonina (ISRS) e um agonista parcial dos receptores serotoninérgicos 5-HT1A, o que justifica o seu desenvolvimento para o tratamento do transtorno depressivo maior.

Clique aqui e veja a publicação do registro do Nucala® (mepolizumabe), no Diário Oficial da União

Clique aqui e veja a publicação do registro do VIIBRYD® (cloridrato de vilazodona), no Diário Oficial da União


Carlos Nascimento (com informações da Anvisa)

Departamento de Comunicação CRF-SP

 

 

CLIQUE AQUI PARA CONSULTAR OUTRAS NOTÍCIAS