Contribuições até 31/07


CFF abre consulta pública para o Guia de Prática Clínica: sinais e sintomas não específicos – Febre

 

2017 05 12 consulta-publicaSão Paulo, 05 de julho de 2017

O Conselho Federal de Farmácia (CFF) abriu consulta pública para o Guia de Prática Clínica: sinais e sintomas não específicos – Febre, até o dia 31 de julho de 2017.

A publicação será voltada aos farmacêuticos, trazendo orientações quanto aos procedimentos que deverão ser adotados por estes profissionais, no atendimento aos pacientes com problemas de saúde autolimitados relacionados ao tema proposto.

O Guia de Prática Clínica: sinais e sintomas não específicos – Febre, é o terceiro de uma série de nove livros produzidos por meio do Profar – Programa de Suporte ao Cuidado Farmacêutico na Atenção à Saúde, do Conselho Federal de Farmácia, que tem como objetivo contribuir para a disseminação de conhecimentos e o desenvolvimento de habilidades para a provisão de serviços farmacêuticos.

Este terceiro guia, sobre Febre, contempla método de busca da evidência; acolhimento da demanda; anamnese farmacêutica; alertas de encaminhamento; plano de cuidado; orientações ao paciente; avaliação dos resultados e algoritmo de decisão.

É importante ressaltar que apenas o conteúdo está em consulta pública. “Após a compilação de todas as contribuições, o texto ainda receberá a formatação mais adequada ao fim a que se destina, que é ser um material de suporte ao farmacêutico no exercício diário do atendimento ao paciente”, assinala o presidente do CFF, Walter Jorge João.

Clique aqui e acesse o documento “Guia de Prática Clínica: sinais e sintomas não específicos - Febre”.

Clique aqui para preencher o formulário de contribuição.

Cabe ressaltar que o envio das contribuições e opiniões vão até 31/07/2017 e poderão ser enviadas individualmente ou em grupo.

Dúvidas quanto ao preenchimento do formulário eletrônico poderá ser enviada por e-mail aos endereços eletrônicos: hellen@cff.org.br ou daniel@cff.org.br. Disponibiliza-se, ainda, o telefone (61) 3878-8751, da Assessoria Técnica do CFF.


Assessoria de Comunicação CRF-SP ( Fonte: Conselho Federal de Farmácia)

CLIQUE AQUI PARA CONSULTAR OUTRAS NOTÍCIAS