Resoluções da Anvisa


Hidroclorotiazida® e Floxicam® da Teuto e Brainfarma têm lotes interditados

 

 

2017 06 08 Anvisa2017 06 08 AnvisaSão Paulo, 8 de junho de 2017

Os medicamentos Hidroclorotiazida®, comprimido 50 mg e Floxicam cápsula gelatinosa dura 20mg, respectivamente fabricados pelas indústrias farmacêuticas Teuto Brasileiro S/A e Brainfarma Indústria Química e Farmacêutica S.A, foram interditados pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

A Resolução-Re Nº 1.501/17, publicada no dia 06/06, determinou a interdição cautelar do lote 6562015 (validade 11/2018), do medicamento HIDROCLOROTIAZIDA comprimido, 50 mg, da empresa Laboratório Teuto Brasileiro S/A, após o Laudo de Análise Fiscal (inicial) n.º 62.1P.0/2017, emitido pelo Laboratório de Saúde Pública "Dr. Giovanni Cysneiros", LACEN-GO, apresentar um resultado insatisfatório quanto ao ensaio de dissolução para o medicamento.

Já o Laudo de Análise Fiscal inicial n.º1091.1P.0/2016, do Floxicam® (piroxicam) cápsula gelatinosa dura 20 mg, também emitido pelo Laboratório de Saúde Pública "Dr. Giovanni Cysneiros" - Lacen-GO, determinou a interdição cautelar do lote B16J2232 pela resolução Re N° 1.460/17, publicada no dia 02/06, no âmbito do Programa Nacional de Verificação da Qualidade –PROVEME. Que apresentou resultado insatisfatório no ensaio de teor para o lote do medicamento.

Ambas resoluções entram em vigor na data de sua publicação e vigorará pelo prazo de noventa dias.

 

 

Assessoria de Comunicação CRF-SP 

CLIQUE AQUI PARA CONSULTAR OUTRAS NOTÍCIAS