Saúde Pública

Diretoria do CRF-SP se reúne com prefeito e secretária da Saúde de Santo André para debater assistência farmacêutica 

 

Representantes do CRF-SP e da prefeitura de Santo AndréRepresentantes do CRF-SP e da prefeitura de Santo AndréRepresentantes do CRF-SP e da prefeitura de Santo AndréSão Paulo, 5 de maio de 2017

O CRF-SP, representado por seu presidente, dr. Pedro Eduardo Menegasso, e seu diretor-tesoureiro, dr. Marcos Machado, se reuniu com a nova gestão do município de Santo André, representado por seu prefeito, Paulo Serra, e a secretaria municipal de Saúde, Ana Paula Peña Dias, para debater questões ligadas à saúde pública.

Na oportunidade, os diretores expuseram suas preocupações com a assistência farmacêutica municipal, que não foi priorizada nos últimos anos, bem como apresentaram o trabalho realizado pelo Grupo Técnico de Apoio aos Municípios - GTAM, colocando a equipe do conselho à disposição para auxiliar na estruturação da assistência farmacêutica efetiva à população.

A farmacêutica e coordenadora da assistência farmacêutica no município, dra. Francine Santos, relatou que pretende reestruturar a assistência farmacêutica e conta com o auxílio técnico do GTAM.

Os gestores apontaram a dificuldade com relação ao grande número de demandas judiciais na área da saúde, que correspondem a um impacto de 2 milhões de reais por ano no orçamento destinado à saúde.

Dr. Marcos Machado apresentou o projeto Workshop sobre Judicialização da Saúde que o CRFSP, em parceria com o TJSP, tem organizado pelo estado de SP com a finalidade de incentivar o diálogo de todos os envolvidos: gestores, judiciário, ministério público, farmacêuticos e outros profissionais de saúde.

O prefeito e a secretária de saúde demonstraram interesse na iniciativa do CRF-SP e sugeriram encaminhar a iniciativa para conhecimento do consórcio municipal que fazem parte.

Já dr. Pedro Menegasso salientou que o CRF-SP funciona como um catalisador do assunto e que o workshop tem auxiliado tanto gestores municipais, quanto representantes do judiciário a ver a atuação do farmacêutico frente a Judicialização da Saúde sob outras perspectivas.

Também participaram da reunião a farmacêutica dra. Cristiana Carvalho, a presidente da Fundação do ABC, Maria Bernadette Zambotto Vianna, o gerente geral de Fiscalização do CRF-SP, dr. Onofre Pinto Ferreira e a procuradora do CRF-SP, dra. Karin Sasaki, os dois últimos quanto membros do GTAM.

 

Assessoria de Comunicação CRF-SP

CLIQUE AQUI PARA CONSULTAR OUTRAS NOTÍCIAS

 

Saúde Pública

 

Diretoria do CRF-SP se reúne com prefeito de Santo André para debater assistência farmacêutica

 

São Paulo, 5 de maio de 2017

O CRF-SP, representado por seu presidente, dr. Pedro Eduardo Menegasso, e seu diretor-tesoureiro, dr. Marcos Machado, se reuniu com a nova gestão do município de Santo André, representado por seu prefeito, Paulo Serra, e a secretaria municipal de Saúde, Ana Paula Peña Dias, para debater questões ligadas à saúde pública.

Na oportunidade, os diretores expuseram suas preocupações com a assistência farmacêutica municipal, que não foi priorizada nos últimos anos, bem como apresentaram o trabalho realizado pelo Grupo Técnico de Apoio aos Municípios - GTAM, colocando a equipe do conesl à disposição para auxiliar na estruturação da assistência farmacêutica efetiva à população.

A farmacêutica e coordenadora da assistência farmacêutica no município, dra. Francine Santos, relatou que pretende reestruturar a assistência farmacêutica e conta com o auxílio técnico do GTAM.

Os gestores apontaram a dificuldade com relação ao grande número de demandas judiciais na área da saúde, que correspondem a um impacto de 2 milhões de reais por ano no orçamento destinado à saúde.

Dr. Marcos Machado apresentou o projeto Workshop sobre Judicialização da Saúde que o CRFSP, em parceria com o TJSP, tem organizado pelo estado de SP com a finalidade de incentivar o diálogo de todos os envolvidos: gestores, judiciário, ministério público, farmacêuticos e outros profissionais de saúde.

O prefeito e a secretária de saúde demonstraram interesse na iniciativa do CRF-SP e sugeriram encaminhar a iniciativa para conhecimento do consórcio municipal que fazem parte.

Já dr. Pedro Menegasso salientou que o CRF-SP funciona como um catalisador do assunto e que o workshop tem auxiliado tanto gestores municipais, quanto representantes do judiciário a ver a atuação do farmacêutico frente a Judicialização da Saúde sob outras perspectivas.

Também participaram da reunião a farmacêutica dra. Cristiana Carvalho, a presidente da Fundação do ABC, Maria Bernadette Zambotto Vianna, o gerente geral de Fiscalização do CRF-SP, dr. Onofre Pinto Ferreira e a procuradora do CRF-SP, dra. Karin Sasaki, os dois últimos quanto membros do GTAM.