Seccional

Zona Sul

Data de inauguração
01/07/2016
Farmacêuticos na região
5.356
Funcionários da Seccional
1
Fiscais da Seccional
1
Diretor
Dr. Gustavo Lemos Guerra
CRF-SP: 53.572
Plantões da Diretoria Regional: Todas as quartas-feiras, das 16h30 às 17h30.
  • Horário de atendimento: Segunda a sexta-feira: das 8h30 às 12h30 e das 13h30 às 17h30
  • Endereço: Rua Cancioneiro de Évora, 715, Chácara Santo Antônio, São Paulo - SP / CEP: 04708-010
  • Telefone: (11) 5181-2770 / Fax: (11) 5181-2374
Notícias

Uso racional de medicamentos é tema de palestra no 12º Batalhão da PM

 

Dr. Gustavo Lemos Guerra, diretor da Seccional Zona Sul, e o tenente do 12º Batalhão da Polícia Militar Paulo SouzaDr. Gustavo Lemos Guerra, diretor da Seccional Zona Sul, e o tenente do 12º Batalhão da Polícia Militar Paulo SouzaDr. Gustavo Lemos Guerra, diretor da Seccional Zona Sul, e o tenente do 12º Batalhão da Polícia Militar Paulo SouzaComo parte das ações promovidas para marcar a Semana do Uso Racional de Medicamentos, celebrada entre 5 e 11 de maio, o diretor regional da Seccional da Zona Sul, dr. Gustavo Lemos Guerra, apresentou na manhã desta quarta-feira, 10, palestra para um grupo de policiais militares do 12º Batalhão da PM, no bairro Campo Belo, na capital. A apresentação abordou e esclareceu dúvidas sobre medicamentos tarjados e não tarjados, prescrição farmacêutica, problemas decorrentes da automedicação, intoxicação medicamentosa e as formas corretas de armazenamento e descarte de medicamentos, entre outras questões.

Durante a palestra, o farmacêutico destacou a importância de se atentar aos cuidados com a automedicação, especialmente entre profissionais que vivem sob constante estresse como é o caso dos policiais. “O estresse é um problema que pode induzir à automedicação, seja para tentar sanar os sintomas de uma enxaqueca ou até mesmo por falta de tempo de procurar a ajuda médica, mas os medicamentos têm seus riscos, inclusive os isentos de prescrição”.

 

Policiais militares durante palestra ministrada no 12º Batalhão da PM, no bairro Campo BeloPoliciais militares durante palestra ministrada no 12º Batalhão da PM, no bairro Campo BeloPoliciais militares durante palestra ministrada no 12º Batalhão da PM, no bairro Campo Belo

 

A cabo da Polícia Militar Rosielen Maria da Silva viveu na pele recentemente o que o uso indiscriminado de medicamentos pode provocar. Por causa de uma insistente dor de cabeça, se automedicou com ibuprofeno e dipirona, o que a levou a um quadro brusco de hipotensão arterial. “Senti um mal-estar horrível. A partir de agora, vou ficar mais atenta e nunca mais usarei medicamentos por conta própria, sem orientação”.

O soldado Raildo Lira de Jesus Junior também afirmou que passará a ter mais atenção com relação a medicamentos. “Poucas pessoas sabem que não é correto guardar os remédios em locais com a cozinha e o banheiro, e da importância de não jogar fora as embalagens com o número do lote, por exemplo. Agora, sempre que precisar ir à farmácia, vou procurar o farmacêutico”.

 

Renata Gonçalez

Assessoria de Comunicação CRF-SP

 

CLIQUE AQUI PARA CONSULTAR OUTRAS NOTÍCIAS

 

Página 1 de 2